Home / Sistema / Rolling release e o modelo de desenvolvimento

Rolling release e o modelo de desenvolvimento

O Modelo de desenvolvimento Rolling Release
O modelo rolling release permite você instalar o Manjaro e apenas atualizar para ter as novas versões

Esta artigo é uma tradução livre, adaptada e extendida da wiki oficial do Manjaro sobre o modelo rolling release.

Introdução ao Rolling Release

Parece que alguma confusão surgiu devido à ocorrência regular (e um tanto rápida) da nova atualização do Manjaro, para esclarecer estas dúvidas precisamos compreender o como funciona o modelo rolling release. Esta confusão foi agravada ainda mais, pelo uso de números de versão (por exemplo: 0.8.1, 0.8.2, 15.12 e assim por diante), um costume normalmente associado com o Modelo de Desenvolvimento Padrão  de Release, onde uma versão totalmente nova de um sistema operacional deve ser re-instalado sobre uma versão antiga, a fim de acessar os novos recursos fornecidos.

>> Anúncios de atualizações

No entanto, o Manjaro usa um modelo de desenvolvimento rolling release, em vez de ser substituído, o mesmo núcleo do sistema, é continuamente melhorado e atualizado. Como tal, não é, nem nunca será, necessário re-instalar uma versão posterior do Manjaro, a fim de desfrutar do mais recente e mais atualizado sistema possível. Em virtude de manter uma instalação existente atualizado, ele já é o mais recente lançamento.

Uma visão geral dos três repositórios que Manjaro usa para gerenciar seus pacotes podem ser encontrados aqui [página a ser traduzida]

Por que novas versões do Manjaro estão sendo liberadas?

No contexto deste artigo a palavra snapshot se refere a uma imagem ISO, que pode ser baixada e instalada pelos usuários.

Estes lançamentos são novos snapshots (Imagens instantâneas) do sistema Manjaro. Assim como fotografias, esses snapshots são imagens que retratam o sistema Manjaro em um determinado ponto em seu desenvolvimento. Como tal, o objetivo para que serve é ajudar os desenvolvedores a avaliar os gráficos de desenvolvimento contínuo do sistema Manjaro, como ele é, naturalmente, mais fácil de pegar os detalhes mais finos a partir de uma única imagem do que de uma imagem em movimento.

Além disso, o Manjaro está evoluindo em um ritmo muito rápido. Os usuários podem ter notado a frequência com que novas atualizações de software e atualizações gerais se tornaram disponíveis, e quanto o sistema mudou em apenas alguns meses. Como consequência, um snapshot do sistema Manjaro vai rapidamente tornar-se desatualizado. Novas imagens instantâneas são, portanto, liberadas, a fim de tornar a vida mais fácil para os novos usuários, que podem de outra forma ser confrontados com a perspectiva de baixar grandes volumes de novos pacotes de software para atualizar seus sistemas recém-instalados a partir de uma imagem ISO antiga.

As diferenças contidas em cada novo snapshot do Manjaro tratam-se apenas de diferentes aplicativos oferecidos como padrão, bem como outros ajustes menores de configuração, como o tema(s) utilizados como padrão. No entanto, o núcleo do sistema Manjaro rodando por baixo é o mesmo e quaisquer aplicações adicionados ou removidos a partir de um snapshot particular também podem ser adicionados ou removidos de uma instalação existente. E, claro, os usuários podem ajustar e personalizar os seus próprios sistemas de acordo com as suas próprias preferências e gostos pessoais. Mais uma vez, independentemente de qualquer liberação do Manjaro que foi instalado, desde que seja mantido atualizado, será a última versão disponível. Apoś atualizar o seu sistema, você estará utilizando a versão mais nova do Manjaro, sem ter que reinstalar tudo novamente.

Por que são dados números aos novos lançamentos de versão?

Muito simples, atualmente os números das versões atribuidas ao Manjaro são referentes ao ano e mês nos quais foram liberados os snapshots. Os números das versões (versionamento) ajudam os desenvolvedores e usuários a marcarem o estágio de desenvolvimento do sistema e seus componentes.

Rolling release e atualização do Kernel

O Manjaro têm uma forma peculiar de lidar com as atualizações do kernel, esta forma se difere dos padrões habituais de outras distribuições Rolling Release.

O padrão adotado no sistema Rolling Release o Kernel é atualizado constantemente, inclusive de uma versão mais antiga para uma mais nova, de forma automática. No Manjaro isso não acontece. Na filosofia de desenvolvimento da equipe oficial do Manjaro Linux, o Kernel é tratado como componente altamente crítico e uma mudança de versão sem o concentimento do administrador do sistema pode não ser uma boa idéia. Por isso, o Manjaro vem por padrão com versões LTS (suporte prolongado), que vão atualizando até o fim do suporte de uma determinada versão. Quando o suporte a uma determinada versão é encerrado, o sistema emite uma notificação avisando o usuários que uma versão mais atual precisa ser instalada.

Esta política de gerenciamento do Kernel, tem como finalidade, oferecer total controle ao administrador do sistema sobre uma das partes mais críticas do sistema Linux. Portanto ao usar o Manjaro Linux, você pode escolher qual versão do Kernel você irá instalar e utilizar no seu sistema.

Caso queira você encontrou um erro ou deseja adicionar mais informações a este artigo, use o fórum ou deixe um comentário

Suporte Manjaro Geek

Sobre Hellen Xavier

2 Comentários

  1. Muito bom o conteúdo abordado no site esta excelente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *